Médico dos Comandos não viu razão para alarme poucas horas antes da morte de recruta

Julgamento dos 19 acusados por abuso de autoridade por ofensa à integridade física no curso que vitimou Hugo Abreu e Dylan da Silva entra na fase final depois de ouvidas todas as testemunhas.

Foto
Julgamento realizou-se no Campus da Justiça (na foto) mas actualmente decorre na Ordem dos Advogados Daniel Rocha

Para prestar declarações, o capitão-médico Miguel Onofre Domingues, um dos principais arguidos no processo dos Comandos, esperou mais de dois anos, o tempo que durou este longo processo em tribunal, agora a entrar na fase final.