Director da PSP: um oficial de elite sem papas na língua

Aos 54 anos, o superintendente-chefe Manuel Augusto Magina da Silva apresenta uma condição física invejável e continua a praticar tiro dinâmico, uma modalidade da qual já foi campeão nacional sénior. Mas ainda não aprendeu a dominar o politicamente correcto.

Foto
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO

Na Polícia de Segurança Pública (PSP) gabam-no como um oficial de excelência. Com uma carreira feita nas unidades de elite. Ainda hoje apresenta uma condição física invejável e continua a praticar tiro dinâmico, uma modalidade da qual já foi campeão nacional sénior. Mas quem o conhece nota que nem tudo no seu perfil se ajusta ao cargo que desempenha actualmente: no início de Fevereiro, aos 54 anos, o superintendente-chefe Manuel Augusto Magina da Silva assumiu o cargo de director nacional da PSP.