Uma Vaga de relações para “romper com as fronteiras” da arte nos Açores

A associação organizadora do festival Walk&Talk abriu um espaço de arte contemporânea em São Miguel. O espaço quer aproximar as pessoas da cultura e inaugura com a exposição We Never Say Never, um retrato de uma nova geração de artistas.

walktalk,natureza,cultura,artes,culturaipsilon,acores,
Fotogaleria
Vaga, novo espaço de arte contemporânea em São Miguel Rubén Monfort / cortesia Vaga
walktalk,natureza,cultura,artes,culturaipsilon,acores,
Fotogaleria
Jesse James e Sofia Carolina Botelho, direcção artística da associação Anda&Fala, que organiza o Walk&Talk Rubén Monfort /cortesia Vaga
walktalk,natureza,cultura,artes,culturaipsilon,acores,
Fotogaleria
Montagem de "We Never Say Never", a primeira exposição a inaugurar o espaço Vaga Rubén Monfort /cortesia Vaga

O edifício é imponente, mas está recatado no final de uma rua estreita, preenchida por pequenas casas, na freguesia de São Pedro, à saída do centro de Ponta Delgada, nos Açores. Há andaimes e mestres em cima deles a ultimar a fachada, onde a inscrição ‘Vaga’ já está orgulhosamente vincada. O enorme portão está aberto: entram e saem pessoas. São trabalhadores de obras e artistas, há curadores e funcionárias da limpeza. São indistinguíveis. Trazem baldes, carregam maquinaria, transportam quadros e esfregam janelas.

Sugerir correcção
Comentar