“Brexit”: Londres e Bruxelas vão continuar a negociar – mas até quando?

Von der Leyen e Johnson falam num “esforço adicional” e acreditam que ainda há tempo, até ao final do ano, para Reino Unido e UE fecharem um novo acordo de parceria económica e política.

Foto
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido FACUNDO ARRIZABALAGA/EPA

Boris Johnson e Ursula von der Leyen tinham estabelecido este domingo como prazo para uma decisão definitiva sobre o processo negocial, mas, depois um telefonema, ao final da manhã, entenderam que devem fazer um “esforço adicional” para tentarem chegar a um compromisso antes do dia 31 de Dezembro e do final do período de transição do “Brexit”.