Judiciária quer promover inspector investigado por causa do Football Leaks

Subida do inspector-chefe Rogério Bravo a coordenador foi aprovada com quatro votos contra em 19. Contam-se pelos dedos de uma mão as promoções por mérito dadas nos últimos anos.

Foto
fau fabio augusto

A Polícia Judiciária recorreu a um mecanismo excepcional para promover um dos inspectores cuja actuação no processo Football Leaks foi posta em causa. O inspector-chefe Rogério Bravo pertence à unidade da PJ que se dedica à criminalidade informática, tendo a sua actuação sido posta em causa numa exposição que a ex-eurodeputada socialista e actual candidata à Presidência da República Ana Gomes fez à própria Judiciária e à Procuradoria-Geral da República depois de o principal arguido deste caso, o hacker Rui Pinto, lhe ter falado da proximidade entre alguns homens da Judiciária e o fundo de investimento Doyen, que se queixou às autoridades de o pirata o ter tentado chantagear.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários