Gabo dança para aproximar diferenças e falar sobre a vida

Companhia Dançando com a Diferença estreou esta quarta-feira, em Viseu, a nova criação em co-produção com o Teatro Viriato. Em palco estão três intérpretes e uma marioneta para esbater preconceitos.

gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
Os intérpretes Diogo Peres, João Estrela e José Pereira sopram a vida em Gabo, a figura central da nova criação da companhia Dançando Com a Diferença, numa co-produção com o Teatro Viriato (Viseu)
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
A figura de Gabo representa “o não perceptível, que nos obriga a re-estruturar o pensamento”, mas também para abordar “preconceitos sobre a diferença, sobre as pessoas com deficiência”, diz o encenador Patrick Murys
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
Com máscara de expressão impassível, nariz adunco e pálpebras serenamente cerradas, Gabo tanto pode ser operada por apenas um dos bailarinos como pelos três em simultâneo.
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
Dança moderna
Fotogaleria
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria
gabriel-garcia-marquez,teatro-viriato,deficiencia,teatro,culturaipsilon,danca,
Fotogaleria

Alimentada por múltiplos braços e pernas que surgem de um comprido manto cru, Gabo é uma figura complexa, um corpo estranho que se move pelo palco ao som de uma melodia sintetizada, quase como se levitasse. Esta marioneta de constituição variável que é habitada por três intérpretes — Diogo Peres, João Estrela e José Pereira — que sopram a vida em Gabo, a figura central da nova criação da companhia Dançando Com a Diferença, numa co-produção com o Teatro Viriato (Viseu), que tanto lhe dá título como ajuda a explicar o ponto de partida do trabalho.