Irmão de vítima de Camarate acusa republicanos dos EUA

É a denúncia de uma operação para favorecer a eleição de Ronald Reagan e debilitar as hipóteses de Jimmy Carter ser reeleito. E assim aconteceu.

Foto
Morreram todas as sete pessoas que seguiam a bordo do Cessna Alfredo Cunha/Arquivo

Quatro décadas depois da queda em Camarate do Cessna que vitimou o primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro, a sua companheira, Snu Abecasis, o seu chefe de gabinete, António Patrício Gouveia, o ministro da Defesa Nacional, Adelino Amaro da Costa, a sua mulher, Maria Manuel Simões Vaz da Silva Pires, e os dois tripulantes do aparelho, há uma nova visão do que ocorreu naquele fim da tarde de 4 de Dezembro de 1980.