TAP vai suspender acordo de empresa com trabalhadores

Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) diz que o ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos, informou, sem explicações, que o acordo de empresa em vigor na TAP vai ser suspenso. Isso, diz o presidente do SNPVAC, virá piorar o “rácio entre trabalho e descanso”.

Foto
Plano tem de ser entregue até ao dia 10 de Dezembro em Bruxelas LUSA/MÁRIO CRUZ

O acordo de empresa (AE) que foi assinado entre a TAP e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), e está em vigor, vai ser suspenso. E, de acordo com este sindicato, quem informou os representantes dos tripulantes de cabine da transportadora aérea controlada pelo Estado foi o ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos. O ministro socialista está esta semana a receber os sindicatos, depois de estes terem sido confrontados com alguns dados do plano de reestruturação por parte da administração da TAP na sexta-feira passada.