Mas, afinal, qual é a posição de Portugal sobre o Estado de direito na União?

Portugal está a um mês de assumir a presidência da UE e é absurdo que a Assembleia da República passe ao largo deste tema.

Quando pergunto qual é, afinal, a posição de Portugal sobre o Estado de direito na União Europeia, estou a referir-me mesmo à posição de Portugal — não do Governo, do primeiro-ministro ou deste ou daquele partido. Qual é a posição do nosso país, oficial e inequívoca, num assunto que é provavelmente o mais crucial do projeto europeu há já bastantes anos? Será possível que não a tenhamos?