Nem de futebol sabemos falar

Dizer é ter para dizer; depois é mais, é saber como dizer. Esta semana, tivemos prova disso com Maradona.

O argentino Jorge Valdano foi um bom futebolista. Mais tarde seria treinador e dirigente mas só voltou a ser bom no futebol quando se tornou um bom comunicador de futebol. Num dia já antigo ele escreveu: “Dizem que Maradona cada dia se parece mais com uma bola de futebol. É justo. Ao fim e ao cabo, a bola nunca viveu melhor do que no seu pé esquerdo.”

Sugerir correcção
Ler 4 comentários