Doze vinhos para a ceia de Natal a um preço sensato

Aconteça o que acontecer, o Natal deste ano vai ser diferente. A pandemia virou a nossa vida do avesso e é provável que não nos possamos reunir em família. Mas, juntos ou à distância, não nos pode faltar o vinho, porque não é possível conceber uma ceia natalícia sem um bom branco ou um bom tinto.

Foto
Nelson Garrido

Ainda não sabemos se vamos ter Natal este ano. Natal vai haver, não sabemos é se será como gostaríamos que fosse, com a família mais próxima reunida, numa casa só, à volta da mesma mesa, trocando presentes e memórias nostálgicas. Uma mesa farta, para que quem já partiu se possa alimentar durante a noite, como é da tradição católica, com muitas rabanadas, aletria, filhós, bolo-rei e também, claro, bom vinho.

Sugerir correcção
Comentar