Fartos dos roubos de placas, habitantes de Fucking decidem mudar nome da aldeia austríaca

Nome remonta a 1070 e é uma homenagem a um nobre de nome Focko, que fundou o povoado no século VI. A partir de 1 de Janeiro de 2021, a localidade vai passar a chamar-se Fugging.

Foto
As placas à entrada da vila austríaca são constantemente roubadas por turistas CC

A aldeia de Fucking, na Áustria, vai mudar de nome em Janeiro do próximo ano, uma decisão tomada pelos habitantes locais que tentam há vários anos adoptar o nome de Fugging para escapar às piadas dos turistas e ao roubo constante de placas.

Fucking faz parte do município de Tarsdorf, a cerca de 40 quilómetros a Norte de Salzburgo, perto da fronteira com a Alemanha. A aldeia, onde vivem pouco mais de 100 pessoas, tornou-se famosa devido ao seu nome peculiar em língua inglesa.

Ao longo dos anos, os habitantes perderam a conta ao número de placas com o nome da localidade que foram roubadas - uma elevada despesa para os contribuintes locais -, sem contar com os turistas que se juntam frequentemente à entrada da povoação para se fotografarem ou filmarem ao lado da placa, dando azo à imaginação.

No passado dia 11 de Novembro, os habitantes de Fucking deram um murro na mesa e o conselho municipal de Tarsdorf votou favoravelmente a mudança do nome.

A presidente da Câmara de Tarsdorf, Andrea Holzner, confirmou à Reuters a alteração e indicou que, a partir do próximo dia 1 de Janeiro de 2021, a localidade passa a chamar-se Fugging, de acordo com a forma como os seus habitantes pronunciam o nome da aldeia.

O nome de Fucking remonta a 1070, data em que a localidade foi baptizada em homenagem ao nobre Focko, que fundou o povoado no século VI. Desde então, o nome manteve-se inalterado até que a aldeia começou a ganhar fama durante a II Guerra Mundial, quando os soldados britânicos e americanos destacados em Salzburgo descobriram o local e tiraram as primeiras fotografias. Com o advento da Internet, a fama de Fucking disparou e a aldeia passou a ser uma atracção turística.

Na Áustria, existem ainda as localidades de Oberfucking e Unterfucking (que seria assim como Fucking de Cima e Fucking de baixo), mas, até ao momento, não há indícios de que os seus habitantes tenham intenção de alterar os nomes.