Tudo decidido no grupo E: Chelsea e Sevilha avançam para os “oitavos”

Golos nos minutos finais ajudaram a fechar as contas.

sevilha,futebol,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,
Fotogaleria
Reuters/STEPHANE MAHE
sevilha,futebol,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,
Fotogaleria
LUSA/Yuri Kochetkov

Chelsea e Sevilha são as duas primeiras equipas a garantirem presença nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os londrinos venceram o Rennes em França, por 1-2, enquanto os espanhóis venceram na Rússia o Krasnodar, pelo mesmo resultado. As duas equipas somam já pontos suficientes para não “perderem o comboio” para a fase seguinte.

Com dois jogos e seis pontos por disputar neste grupo E, Chelsea e Sevilha chegaram aos dez pontos – pontuação já inalcançável por Krasnodar e Rennes – e resta-lhes decidir quem seguirá em primeiro lugar do grupo. Rennes e Krasnodar têm ainda em jogo uma qualificação para a Liga Europa, por via do terceiro lugar neste grupo E.

No Noroeste francês, o Chelsea adiantou-se aos 22’, por Hudson-Odoi, vantagem que se manteve durante largos minutos, apesar de o Rennes ter somado mais remates e mais oportunidades de golo durante a partida.

Aos 85’, Guirassy empatou para os franceses, resultado que deixava em “banho-Maria” as contas do grupo. Quem não estava interessado em adiamentos era Olivier Giroud, recém-entrado, que finalizou um lance confuso aos 90+1’. E garantiu que Rennes e Krasnodar não incomodariam Chelsea e Sevilha.

No caso dos espanhóis, o apuramento foi mais tranquilo e menos dramático, já que um empate em Krasnodar, pelo estado de coisas, já seria suficiente. Rakitic marcou os 4’, num grande remate de fora da área, e Wanderson empatou aos 56’. O resultado era suficiente para os sevilhanos, mas Munir ainda deu os três pontos à equipa de Julen Lopetegui aos 90+5’.