Abram caminho a Pedro Melo Alves, que o jazz é dele

O baterista ecompositor fechou a 29.ª edição do Guimarães Jazz com 22 músicos no palco do Centro Cultural Vila Flor, por onde na quinta-feira tinha passado o saxofonista britânico Julian Argüelles.

guimaraes-jazz,concertos,jazz,culturaipsilon,musica,guimaraes,
Foto
Pedro Melo Alves e o seu Large Omniae Ensemble fecharam com chave de ouro o 29.º Guimarães Jazz OS FREDERICOS

São 10h30 de domingo. É hora de jazz em Guimarães. Em anteriores edições do festival, este seria um horário impróprio, mas no caso particular do concerto desta manhã (noutros se calhar já não se diria o mesmo) pouco importa. Interessa mais sublinhar que, apesar da pandemia, a 29.ª edição do Guimarães Jazz se realizou sem grandes baixas –​ à excepção de Peter Evans, que não conseguiu viajar desde os Estados Unidos  e sem prejuízo qualitativo do evento que completa 30 anos já em 2021.