A “experiência cultural imperdível” em 2021? Está no Porto, garante National Geographic Traveller

O Porto de sempre e o novo World of Wine lideram lista cultural no best of para 2021 da edição britânica da revista de viagens da National Geographic.

national-geographic,viagens,fugas,media,porto,turismo,
Fotogaleria
World of Wine
national-geographic,viagens,fugas,media,porto,turismo,
Fotogaleria
World of Wine
WOW Porto - O Mundo do Vinho
Fotogaleria
World of Wine
WOW Porto - O Mundo do Vinho
Fotogaleria
World of Wine
national-geographic,viagens,fugas,media,porto,turismo,
Fotogaleria
Nelson Garrido
national-geographic,viagens,fugas,media,porto,turismo,
Fotogaleria
World of Wine

Depois da revista Monocle ter declarado o Porto a “melhor cidade pequena do mundo", e de um "óscar” do turismo para melhor escapadinha urbana, eis nova distinção. “Vinho histórico em novo e arrojado cenário”. É com este destaque que o Porto lidera a lista Best of the World da Traveller britânica, que inclui “oito experiências culturais imperdíveis para 2021” ("e mais além"), à frente de locais no Reino Unido, Espanha, EUA ou China. Epicentro do elogio: “uma nova e corajosa abertura para os nossos tempos”, a do WOW - World of Wine em Gaia.

A publicação da National Geographic, que garante ser “a revista de viagens n.º 1 no Reino Unido”, lançou as suas sugestões do melhor do mundo para o próximo ano e o Porto surge em grande destaque, referindo-se os “voos baratos que levaram” a cidade a tornar-se uma das preferidas para escapadinhas nos últimos anos. 

Com uma foto da magistral azulejaria da Capela das Almas, e entre apontamentos sobre a beleza das paisagens urbanas e naturais, a Ribeira e o Douro, a revista enaltece o Palácio da Bolsa ou a Casa do Infante, relembrando a história e papel de Portugal nos Descobrimentos. 

Mas a novidade maior para levar os viajantes a ponderarem um salto ao Porto é o novo World of Wine de Gaia, projecto do grupo Fladgate Partnership, um investimento de mais de cem milhões de euros, inaugurado este Verão e que é todo um quarteirão cultural e de entretenimento em redor do vinho (e não só), com museus, restaurantes e lojas.

“Muitas das caves proporcionam tours e degustações, mas o novo World of Wine dá-nos toda a história do vinho num sítio só”, lê-se na revista. 

“Nos espaços nascidos de velhos armazéns, é um empreendimento muito maior do que apenas um museu”, refere-se, indicando a existência dos seis museus autónomos, onde também se tematizam o chocolate, a moda, a cortiça, além da história da cidade e do vinho.

A Traveller reforça ainda que o WOW pretende funcionar como o epicentro de novo e revigorado quarteirão cultural, ampliando a oferta para lá do simples olhar para pipas de vinho em adegas”.

A lista de experiências culturais sugeridas pelo mundo completa-se com Coventry (Reino Unido), Guam (EUA), Vitoria-Gasteiz (Espanha), Tulsa (Oklahoma, EUA), Tonglu (China), Pueblo Nations (Novo México, EUA), Gyeongju (Coreia do Sul).

O Best of the World da Traveller inclui mais listas temáticas para 2021: destinos sustentáveis (Copenhaga, Costa Rica ou Helsínquia são as sugestões líderes), viagens em família (Colúmbia Britânica, no Canadá, Montenegro ou Caminho da Costa da Inglaterra), destinos para redescobrir a natureza (siga para a Escócia, África do Sul ou para o Cerrado brasileiro) e viagens de aventura (Gronelândia, Antárctida e República Dominica no top 3).

As listas completas estão disponíveis no site da National Geographic Traveller.

Sugerir correcção