Moreira da Silva pede congresso extraordinário do PSD

Antigo ministro de Passos Coelho e ex-primeiro vice do PSD fala de “traição” aos valores do partido, por causa do acordo com o Chega nos Açores e do que ele pode representar no presente e no futuro.

Jorge Moreira da Silva
Fotogaleria
Jorge Moreira da Silva DR
chega,jorge-moreira-silva,politica,rui-rio,acores,psd,
Fotogaleria
Moreira da Silva ao lado de Passos Coelho, de quem foi governante Martin Henrik

Num artigo muito crítico da actuação do PSD a propósito da solução governativa para os Açores, que descreve como uma “alteração radical do posicionamento ideológico e programático" e como uma “traição” aos “valores e princípios” do partido, Jorge Moreira da Silva diz ser necessária a realização de um congresso extraordinário, para, “bem antes das eleições autárquicas e legislativas”, definir a “política de coligações e entendimentos" dos sociais-democratas e clarificar “a questão da identidade, não do PSD mas da sua actual direcção".