Negociações pós-“Brexit”: UE e Reino Unido estão quase a meter-se em “sarilhos”

Londres e Bruxelas retomam discussões sobre nova parceria económica e política e assumem semana “crucial” para o futuro da sua relação futura. Divergências sobre pescas e concorrência permanecem.

Foto
Michel Barnier, negociador-chefe da UE, tem a confiança dos 27 para não abdicar das suas linhas vermelhas EPA/ANDY RAIN

Se há coisa que o processo de saída do Reino Unido da União Europeia nos ensinou nestes últimos quatro anos é que não há prazo mais decisivo do que o prazo decisivo seguinte. Ainda assim, começa a faltar tempo às duas partes para continuarem a reagendar eternamente o epílogo das negociações em torno da sua futura parceria económica e política, que entrará em vigor findo o período de transição do “Brexit”, no último dia deste ano.