A série de que se fala agora? É a vez The Queen’s Gambit

Uma menina prodígio do xadrez, um relato sixties sobre dependência, sobre ser rapariga e até sobre ser um fenómeno Netflix. Um êxito surpresa já no top das preferências dos espectadores em Portugal.

streaming,cultura,netflix,televisao,culturaipsilon,xadrez,
Foto
Beth Harmon, interpretada por Anya Taylor-Joy Netflix

The Queen’s Gambit é um de dois tipos de fenómeno da Netflix: não foi altamente promovida, não tinha grande expectativa à sua volta e de repente torna-se na série que tanta gente recomenda. Um passa-palavra tanto analógico quanto digital está em curso sobre uma série que espelha bem como, entre os ecrãs que nos rodeiam e que perfazem a experiência televisiva actual, são os do streaming os que se predispõem à possibilidade de jogar à apanhada com êxitos surpresa quando tanto solicita o clique do espectador.