Narcotraficante Franklim Lobo queixa-se de condições “deploráveis” da prisão ao Tribunal dos Direitos Humanos

Franklim Lobo foi acusado de tráfico de estupefacientes agravado, no âmbito da Operação Aquiles, e o início do julgamento está marcado para esta esta quinta-feira.

Foto
Julgamento de Franklim Lobo deverá começar esta quinta-feira, no Campus da Justiça, em Lisboa. Rui Gaudencio

Franklim Lobo, conhecido como o maior traficante português e que foi acusado de tráfico de estupefacientes agravado no âmbito da Operação Aquiles, tem o início do seu julgamento marcado para esta quinta-feira, em Lisboa, mas enviou para oTribunal Europeu dos Direitos Humanos, no dia 6 de Novembro, “uma queixa sobre as condições deploráveis do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) e a tramitação anómala do processo pelo qual vai ser julgado”. O arguido está em prisão preventiva no âmbito deste processo.