Estrangeiros já são quase 7% da população

Associações aplaudem novo despacho que regulariza temporariamente imigrantes, mas queriam que medida fosse definitiva. Há quem critique que “esconde a incapacidade do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de dar resposta atempada”. Em 2019 imigrantes contribuíram com 750 milhões de euros para a Segurança Social.

Foto
Nuno Ferreira Santos

O número de estrangeiros que vivem em Portugal, e está regularizado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), chega quase a 7% da população. Em ano de pandemia, apesar de a concessão de novas autorizações de residência ter baixado relativamente ao período homólogo do ano passado, a população estrangeira continuou a crescer: aos 590.348 estrangeiros que residiam em Portugal juntam-se agora 85.338 novos títulos, ou seja, totalizam 675.686, segundo dados do SEF até 30 de Setembro. Isto equivale a uma subida de 5,9% para 6,7% da população, ainda abaixo dos quase 8% da média europeia.