Na cabeça dos cozinheiros portugueses vai um tsunami

Em cada cozinha de um restaurante há pessoas que muitas vezes não vemos - e é a elas que a 16.ª edição do Congresso dos Cozinheiros quer dar voz. Há histórias difíceis, de abuso e exploração, de pressão e de resistência, mas tem sido feito um caminho de humanização. #Nósaspessoas é o tema do congresso. Entre 10 e 12 de Novembro, vamos olhar para elas?

Foto

Não é fácil trabalhar numa cozinha. Isso já sabíamos há muito. O trabalho é duro, os horários são difíceis, as horas são longas, o stress é bastante, a pressão pode ser esmagadora. Às vezes – muito mais no passado, muito menos hoje –, há episódios de violência. Verbal, frequentemente. Física, por vezes. O abuso do consumo de álcool e de drogas foi encarado como normal. Hoje as coisas mudaram muito. Mas ainda não o suficiente.

Sugerir correcção