Eles desconstruíram o rock — e encontraram poesia

São traduções para português de 36 letras de algumas das canções mais celebradas da “época dourada” do rock. Estro/Watts – Poesia da Idade do Rock mistura teatro, música e spoken word num espectáculo que celebra o tempo em que o rock era a linguagem da revolução – e pergunta onde estão os trovadores de hoje.

Foto
Teresa Pacheco Miranda

O Teatro Experimental do Porto (TEP) e Paulo Furtado, vulgo The Legendary Tigerman, não têm tido muita sorte ultimamente. Em Março, com a chegada do novo coronavírus a Portugal, o encerramento preventivo dos espaços culturais adiou a estreia da sua terceira co-criação, Estro/Watts – Poesia da Idade do Rock. Agora, a peça prepara-se para ocupar a sala principal do Teatro Rivoli, no Porto, entre os dias 6 e 8 de Novembro, em vésperas de entrar em vigor um novo estado de emergência.

Sugerir correcção