Espanha: Juan Carlos investigado por não declarar doações de mais de 275 mil euros

Possíveis delitos do ex-rei de Espanha aconteceram depois da abdicação e envolvem mais membros da família, incluindo a rainha Sofia, que terão usado cartões de crédito em nome de terceiros para gastos pessoais.

Foto
Felipe VI ascendeu ao trono em 2014, quando Juan Carlos decidiu abdicar Juanjo Martin/EPA

Depois da investigação aberta pelo Supremo Tribunal sobre as contas de Juan Carlos I em paraísos fiscais e a doação de 65 milhões de euros que recebeu da Arábia Saudita, sabe-se agora que a Procuradoria-Geral espanhola investiga também se antigo rei deixou de declarar às Finanças dinheiro que lhe terá sido doado pelo empresário mexicano Allen de Jesús Sanginès-Krause entre 2016 e 2018.