Paulinho e Pedro Neto chamados à selecção para a Liga das Nações

Pepe, indisponível, não será opção para os jogos com França e Croácia.

Foto
Pedro Neto está entre os 25 convocados Reuters/ANDREW BOYERS

Estão no ataque as principais novidades da convocatória da selecção nacional de futebol para os próximos três compromissos, dois dos quais relativos à Liga das Nações. Paulinho, avançado do Sp. Braga, e Pedro Neto, extremo do Wolverhampton, fazem parte das escolhas de Fernando Santos, numa lista que não conta com Rafa, André Silva ou Pepe, que continua indisponível. 

“Escolhi estes jogadores para aquilo que entendemos. Foco total no desempenho na Liga das Nações, objectivo claro e faremos tudo para estar na final four para tentar depois, obviamente, revalidar o título. Temos um lote muito alargado de jogadores que a qualquer momento podem ser chamados. São 40 ou 50 jogadores que eu acho que têm qualidade para vir, esse é o critério: qualidade”, assinalou o seleccionador, em conferência de imprensa.

O primeiro adversário desta janela internacional é, porém, a Andorra, num jogo de carácter particular, marcado para dia 11. Só depois Portugal medirá forças com França (14), no Estádio da Luz, e com a Croácia (17), em Zagreb, nos dois encontros que fecham o Grupo 3 da Liga das Nações.

Para estes compromissos, Fernando Santos conta com Diogo Jota, um avançado em grande momento de forma, que há dias fez um hat-trick pelo Liverpool na Champions. “Em Março de 2019 veio à selecção, há muito tempo que está connosco. Claro, ‘salta’ para o Liverpool... Esteve muito bem no Wolverhampton, é um jogador que tem as características que acho que encaixam muito bem nesta equipa nacional”, comentou.

Na defesa, e face à ausência de Pepe, que já falhou o jogo do FC Porto com o Marselha e continua lesionado, o seleccionador conta com Domingos Duarte, Rúben Semedo, José Fonte e Rúben Dias como soluções para o eixo da defesa. Descartada está, de resto, a hipótese de adaptar Danilo a central, um cenário equacionado no PSG. “Para mim, Danilo é um médio”.