Escultura de baleia impede queda de metro na Holanda

A escultura de plástico, instalada há quase 20 anos, conseguiu impedir que o comboio caísse de uma altura de dez metros. O condutor (a única pessoa a bordo) conseguiu sair pelo próprio pé.

p3,comboios,acidentes,escultura,transportes,
Fotogaleria
Reuters/EVA PLEVIER
p3,comboios,acidentes,escultura,transportes,
Fotogaleria
ROBIN UTRECHT/EPA

Foi uma escultura que evitou o pior quando uma composição do metro de Spijkenisse, cidade perto de Roterdão, na Holanda, galgou uma barreira de segurança no fim da linha. A escultura de baleia, feita em plástico, conseguiu impedir que caísse à água debaixo da plataforma e salvou a vida do condutor, a única pessoa que seguia dentro do veículo. O acidente aconteceu perto da meia-noite de domingo.

A queda seria de dez metros até ao lago debaixo da plataforma onde estavam parados estes comboios. Mas uma escultura de baleia, da autoria de Maarten Struijs, posta de forma quase estratégica, impediu o desastre. 

Foto

O condutor, cuja identidade não foi revelada, conseguiu sair do comboio pelo seu próprio pé. Foi levado para o hospital, mas não terá sofrido quaisquer ferimentos, escreve a BBC.

As carruagens de metro ainda não foram retiradas do topo da escultura: “Estamos a tentar decidir se podemos fazer baixar o comboio de forma cuidadosa e controlada”, disse um responsável à televisão estatal holandesa NOS.

A escultura foi instalada em 2002. O artista responsável disse à NOS que ficou surpreendido por ter conseguido aguentar o peso do comboio. “Está lá há quase 20 anos”, justifica, acrescentando que o plástico devia ter perdido algumas qualidades com o passar do tempo.

“Nunca a teria imaginado assim, mas salvou a vida do condutor. Os danos são um pensamento secundário”, afirmou.