Saúde

De Wuhan a Brooklyn. O mundo vestiu duas máscaras e celebrou o primeiro Halloween da era covid-19

O mundo tentou celebrar o Dia das Bruxas no meio de uma pandemia, para tentar afastar o fantasma de 2020. Uns ignoraram o distanciamento e festejaram como sempre; outros incorporaram as medidas de distanciamento físico para celebrar um Halloween diferente.

Em Brooklyn, os nova-iorquinos que enchem o metro diariamente não se esqueceram de aproveitar o Halloween em tempo de pandemia Reuters/CAITLIN OCHS
Fotogaleria
Em Brooklyn, os nova-iorquinos que enchem o metro diariamente não se esqueceram de aproveitar o Halloween em tempo de pandemia Reuters/CAITLIN OCHS

Há um ano, o mundo estava a acordar de um Dia das Bruxas celebrado como sempre: crianças a pedir doces porta a porta, pessoas disfarçadas a caminho do trabalho e festas. Muitas festas. Muitas dessas celebrações tiveram de ser postas de parte e deram lugar a um Halloween mais contido, mais distanciado, mas também mais criativo.

Nos Estados Unidos, onde o Halloween é muito celebrado, muitos disfarces tiveram de incluir máscaras. E para o típico "doce ou travessura", muitos usaram tubos para manter o distanciamento social e não deixar de entregar doces às crianças.

Além disso, em tempo de eleições, muitos foram votar ou trataram de boletins de votos com um ar mais assustador do que o costume.

No Reino Unido, enquanto Boris Johnson anunciava novas medidas de confinamento, muitos saíram à rua, sem máscara, e celebraram o Dia das Bruxas sem distanciamento. Outros aproveitaram a "moda" da pandemia para se disfarçar com fatos de protecção individual.

Nos locais onde a pandemia está mais controlada é onde se reuniram as maiores concentrações de pessoas. Em Wuhan, a casa de partida para a covid-19, uma multidão encheu um parque de diversões dedicada ao Dia das Bruxas e em Hong Kong o dia foi celebrado por imensos mascarados em Lan Kwai Fong, o centro nocturno da cidade.

As movimentadas passadeiras de Tóquio também foram palco de vários desfiles de disfarces. Mas nem todos utilizaram as máscaras nos dois contextos (no de celebração do Halloween e no de prevenção contra a covid-19), já que um grupo de manifestantes aproveitou a ocasião para protestar contra o uso de máscaras.

Muitos usaram tubos de plástico para contornar o distanciamento físico e continuar a dar doces aos mais novos
Muitos usaram tubos de plástico para contornar o distanciamento físico e continuar a dar doces aos mais novos Reuters/CAITLIN OCHS
Outros preferiram ficar sem Dia das Bruxas este ano e vários restaurantes fecharam
Outros preferiram ficar sem Dia das Bruxas este ano e vários restaurantes fecharam Reuters/CAITLIN OCHS
Com as eleições a aproximarem-se nos Estados Unidos e com milhões a votar antecipadamente, alguns eleitores foram disfarçados às urnas
Com as eleições a aproximarem-se nos Estados Unidos e com milhões a votar antecipadamente, alguns eleitores foram disfarçados às urnas Reuters/CHENEY ORR
Tanto os eleitores como os que trabalham nos locais de volto celebraram o Halloween nas urnas
Tanto os eleitores como os que trabalham nos locais de volto celebraram o Halloween nas urnas Reuters/CHENEY ORR
Já que as máscaras são agora parte integrante da vida, é mais fácil aproveitar o Halloween para ter criatividade nas máscaras, como esta rapariga em Joanesburgo
Já que as máscaras são agora parte integrante da vida, é mais fácil aproveitar o Halloween para ter criatividade nas máscaras, como esta rapariga em Joanesburgo EPA/KIM LUDBROOK
O Dia das Bruxas em Banguecoque, na Tailândia, é habitualmente mais celebrado, mas as restrições ao turismo limitaram a festa este ano
O Dia das Bruxas em Banguecoque, na Tailândia, é habitualmente mais celebrado, mas as restrições ao turismo limitaram a festa este ano EPA/DIEGO AZUBEL
O primeiro-ministro britânico discursou ao país durante o Halloween, anunciando um novo confinamento...
O primeiro-ministro britânico discursou ao país durante o Halloween, anunciando um novo confinamento... Reuters/PHIL NOBLE
... mas nem assim os britânicos deixaram de sair à rua para festejar
... mas nem assim os britânicos deixaram de sair à rua para festejar Reuters/LEE SMITH
Alguns até aproveitaram a "moda" trazida pela covid-19 e usaram fatos de protecção individual
Alguns até aproveitaram a "moda" trazida pela covid-19 e usaram fatos de protecção individual Reuters/LEE SMITH
Em Minsk foi dia de mais protestos pela democracia, e as mulheres bielorrussas não desarmaram e fizeram do Halloween uma marcha contra Lukashenko
Em Minsk foi dia de mais protestos pela democracia, e as mulheres bielorrussas não desarmaram e fizeram do Halloween uma marcha contra Lukashenko EPA/STR
Do outro lado do mundo, houve festa num parque temático de Wuhan - onde a pandemia começou e onde já está mais controlada
Do outro lado do mundo, houve festa num parque temático de Wuhan - onde a pandemia começou e onde já está mais controlada Reuters/STRINGER
Em Hong Kong, as cenas foram semelhantes: muita festa e muitos disfarces, com o baixo número de casos a permitir celebrações
Em Hong Kong, as cenas foram semelhantes: muita festa e muitos disfarces, com o baixo número de casos a permitir celebrações Reuters/TYRONE SIU
Tóquio é uma cidade que não pára, especialmente no trânsito. Muitos disfarçados acabaram por desfilar nas movimentadas passadeiras da capital japonesa
Tóquio é uma cidade que não pára, especialmente no trânsito. Muitos disfarçados acabaram por desfilar nas movimentadas passadeiras da capital japonesa Reuters/ISSEI KATO
Ainda assim, aqueles que continuam a negar a existência do vírus aproveitaram o Halloween para ridicularizar a pandemia e o uso de máscaras
Ainda assim, aqueles que continuam a negar a existência do vírus aproveitaram o Halloween para ridicularizar a pandemia e o uso de máscaras Reuters/ISSEI KATO
Sugerir correcção