À direita ou à esquerda? O CDS tem a chave para solucionar o imbróglio político açoriano

Presidentes do PSD e do PS já se reuniram com o líder regional do CDS, Artur Lima. Suportar um executivo PS ou integrar uma coligação à direita: a decisão dos centristas será decisiva para o futuro da governação da região.

eleicoes-regionais,politica,acores,psd,ps,
Foto
Francisco Rodrigues dos Santos com Artur Lima ANDRÉ KOSTERS/LUSA

A chave para desbloquear o imbróglio político que resultou das últimas eleições regionais açorianas está agora nas mãos do CDS-PP. Com a perda de maioria absoluta por parte do PS e com uma maioria de direita no parlamento regional, o PSD ambiciona juntar CDS, PPM, Iniciativa Liberal e Chega para levar José Manuel Bolieiro à presidência do governo regional. A maior incógnita é o CDS-Açores de Artur Lima, que ainda não decidiu para que lado é que cairá.