Inflação mantêm-se negativa em Outubro

Taxa de variação homóloga estimada do índice de preços no consumidor foi de -0,1% em Outubro.

Foto
Rui Gaudencio

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou esta sexta-feira que a taxa de inflação homóloga deverá ter-se mantido em -0,1% em Outubro, valor idêntico ao registado em Setembro.

Também o indicador de inflação subjacente, que exclui os produtos energéticos e os produtos alimentares não transformados, terá alcançado uma variação de -0,1%, mais 0,1 pontos percentuais face a Setembro, de acordo com a estimativa rápida do INE, hoje divulgada.

O INE refere que a taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos diminuiu para -6,0% (face aos -5,6% no mês anterior), enquanto o índice referente aos produtos alimentares subiu 4,6% (que comparam com os 4,2% em Setembro).

Face ao mês anterior, o índice de preços no consumidor aumentou 0,1% em Outubro. Em Setembro, a variação mensal tinha sido de 1%.

Os dados definitivos sobre a inflação de Outubro serão divulgados pelo INE a 11 de Novembro.

Segundo os dados do gabinete estatístico da União Europeia (Eurostat), divulgados também esta sexta-feira, a taxa de inflação anual da zona euro foi de -0,3% em Outubro, em linha com o verificado em Setembro.