Suspensão das aulas teve impacto “preocupante” no nível de leitura das crianças do 1.º ano

Mais de um quarto das crianças das escolas do Porto iniciou o 2.º ano com um nível de leitura “muito pobre”, aponta estudo do Centro de Investigação e Intervenção na Leitura.

leitura,investigacao,criancas,educacao,sociedade,escolas,
Foto
Paulo Pimenta

Mais de um quarto das crianças do 2.º ano de escolaridade das escolas do Porto iniciou o novo ano lectivo com um nível de leitura “muito pobre”. É a consequência de quase quatro meses de suspensão das aulas, devido à pandemia, conclui um estudo do Centro de Investigação e Intervenção na Leitura (CIIL), do Instituto Politécnico do Porto. Os alunos carenciados foram os mais prejudicados.