PS quer acabar com venda de carros movidos exclusivamente a combustíveis fósseis em 2035

Socialistas entregaram esta quarta-feira na Assembleia da República a sua proposta para a Lei de Bases do Clima. Discussão em plenário só deverá ser agendada no início de 2021.

Automóveis que funcionem apenas com combustíveis fósseis deixam de ser vendidos no país, em 2035, se a proposta do PS for avante
Foto
Automóveis que funcionem apenas com combustíveis fósseis deixam de ser vendidos no país, em 2035, se a proposta do PS for avante Paulo Pimenta

A proposta socialista para a Lei de Bases do Clima prevê que os veículos ligeiros movidos exclusivamente a combustíveis fósseis deixem de poder ser comercializados em Portugal a partir de 2035. Este é um dos pontos do projecto de lei do PS, que se junta a outros documentos sobre o mesmo tema já desenhados por outras forças partidárias, mas cuja discussão não deverá acontecer antes do próximo ano. Há metas e prazos e nem todos são rápidos: os socialistas querem que o país tenha uma Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas, mas apontam a sua elaboração para 1 de Janeiro de 2029 e a entrada em vigor apenas dois anos depois desse prazo.