Gabriel Abrantes: Hollywood já chegou ao cinema português

gabriel-abrantes,cinema-portugues,hollywood,culturaipsilon,museu-louvre,amazonia,
Foto
Rui Gaudêncio

Diante das quatro curtas-metragens de Gabriel Abrantes, que estreiam hoje no Cinema Nimas, talvez se possa formular uma hipótese: não representa o cinema deste artista visual a síntese por tantos aguardada? Observe-se a questão por pontos. 1) Gabriel Abrantes reúne as convenções do “cinema de autor” às convenções do blockbuster. 2) Compõe com relativa facilidade enredos e tramas, isto é, sabe usar os recursos da ficção. 3) Finalmente, recupera o cinema de género, celebrando a ficção científica, a aventura, o humor, a animação.