Opinião

Há um doce delicioso que não leva nem açúcar nem adoçantes: é a uvada e é uma glória da nossa doçaria

Recomendo no Outono de 2020 um tesouro que elogiei no Outono de 2012: a uvada. Trata-se de uma obra-prima da doçaria ocidental que foi recuperada e aperfeiçoada pela lendária D. Celeste dos Doces d’Arada e agora transmitida a Angelina Pereira, a nova guardiã.

nutricao,alimentacao,gastronomia,fugas,opiniao,saude,
Foto
Nuno Ferreira Santos

Há uma tristeza à volta de escrever sobre coisas boas. Quando se escreve sobre elas, quase sempre perdem a qualidade que tinham, assoberbadas pelos malefícios da popularidade comercial.