Covid-19 em Portugal: há 1418 internados, o número mais elevado desde o início da pandemia

Há 2899 novos casos identificados nas últimas 24 horas e mais 31 mortes — o maior número de óbitos num dia desde 24 de Abril. Há 1349 novos recuperados.

O número de internamentos devido à covid-19 registou, esta sexta-feira, um novo máximo em Portugal: estão internadas 1418 pessoas, mais 53 do que na quinta-feira, 198 dos quais em unidades de cuidados intensivos. O boletim diário da Direcção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de 2899 novos casos identificados nas últimas 24 horas e mais 31 mortes — o maior número diário de óbitos desde 24 de Abril.

Há 1349 novos recuperados, num total de 65.880 pessoas que já conseguiram vencer a doença desde Março. O número de infecções activas situa-se, actualmente, nas 44.284, mais 1519 do que na quinta-feira.

Em termos globais, já se registaram desde o início da pandemia, 112.440 casos positivos e 2276 mortes, de acordo com a DGS.

As regiões das duas principais áreas metropolitanas do país somam 84% dos novos casos registados esta sexta-feira. O Norte continua a ser a região mais afectada pela pandemia: com 1516 novos casos, representa mais de metade dos novos casos (52%). Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo, com 918 novos casos (31% do total); a região Centro com 364; o Alentejo com 53; o Algarve com 38; a Madeira com oito; e os Açores com dois.

Quanto às mortes, é no Norte que se registou o maior número (14); seguido de Lisboa e Vale do Tejo (nove), Centro (cinco), Alentejo (duas) e Algarve (uma). Nas regiões autónomas não morreu ninguém devido à covid-19 nas últimas 24 horas.