Sondagem mostra Ana Gomes a subir e Marcelo a descer

Socialista tem agora 17,2% das intenções de voto. Marcelo Rebelo de Sousa cai quatro pontos percentuais, mas continua muito acima dos 50%.

Ana Gomes
Foto
Ana Gomes voltou ao segundo lugar, destacada Daniel Rocha

Ana Gomes está a subir e Marcelo Rebelo de Sousa a descer nas intenções de voto para as eleições presidenciais, de acordo uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios, Correio da Manhã e CMTV. O inquérito revela que a socialista soma agora 17,2% das preferências (mais 3,2% do que em Setembro), contra 56,2% de Marcelo (menos 4%), cuja recandidatura ainda não foi anunciada.

Já André Ventura, candidato do Chega, está na terceira posição com 8,2% das intenções de voto, menos um ponto percentual do que na sondagem da Intercampus do mês passado. Ventura afirmou que se demitiria da presidência do partido se ficasse atrás de Ana Gomes. Em Agosto, o líder do Chega estava em segundo lugar com 10% das preferências.

Marisa Matias, candidata do Bloco de Esquerda, mantém os 6,1% que tinha no mês passado.

O candidato do PCP, João Ferreira, cujo nome é pela primeira vez incluído na sondagem, surge com 2,6% das intenções de voto, um pouco abaixo dos 2,9% que Jerónimo de Sousa recolhia há um mês, quando era apresentado como possível candidato.

Na última posição surge Tiago Mayan Gonçalves, candidato da Iniciativa Liberal, que reúne 1,5% das intenções. Ainda assim ganha um ponto percentual relativamente ao mês passado.

Esta sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios, Correio da Manhã e CMTV relativamente a Outubro consistiu em 609 entrevistas a votantes de todas as idades e de todas as regiões do país. Foi realizada entre os dias 6 e 11 de Outubro. O erro máximo de amostragem deste estudo, para um intervalo de confiança de 95%, é de 4%.

Sugerir correcção