Sánchez é o alvo da moção de censura do Vox, mas é Casado quem vai a exame

Líder do PP diz que a jogada da extrema-direita é uma “questão menor”, mas o secretismo sobre o sentido de voto virou os holofotes para o maior partido da oposição. Governo vai aproveitar moção para defender méritos da gestão da crise pandémica.

partido-popular,pedro-sanchez,extremadireita,mundo,espanha,europa,
Foto
sergio perez/reuters

O Congresso dos Deputados de Espanha começa a discutir na quarta-feira a quinta moção de censura da democracia espanhola, mas o seu destinatário – o presidente do Governo, Pedro Sánchez – parece ter bastante menos a perder com a proposta da extrema-direita do que o líder do maior partido de oposição, Pablo Casado.