A valiosa batalha de patentes que ainda está para durar

Quem desenvolveu primeiro a técnica CRISPR/Cas9 para ser aplicada em organismos eucariotas? Esta é a principal questão numa disputa de patentes nos EUA que envolve muito dinheiro.

Foto
Há uma disputa sobre quem adaptou primeiro a CRISPR/Cas9 a eucariotas DR

O desenvolvimento da técnica de edição genética CRISPR/Cas9 trouxe com ela a promessa de ajudar a tratar doenças humanas e tornar culturas agrícolas mais resistentes. Conseguir e manter patentes desta tecnologia poderá ser comercialmente muito lucrativo. Nos Estados Unidos, dois grupos estão envolvidos numa batalha para definir quem foi o primeiro a conseguir adaptar essas afiadas tesouras genéticas à edição de genomas de eucariotas, organismos mais complexos com membrana nuclear individualizada. A decisão final deverá ser tomada apenas em 2022.