Saeb Erekat internado num hospital israelita com covid-19

O antigo chefe dos negociadores palestiniano, figura-chave no acordo de paz de Oslo com Israel, está infectado com o SARS CoV-2 desde o dia 9.

Saeb Erekat sofreu um ataque cardíaco e teve um transplante de pulmões em 2017
Foto
Saeb Erekat sofreu um ataque cardíaco e teve um transplante de pulmões em 2017 Reuters/MUHAMMAD HAMED

O secretário-geral da Organização de Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat, foi transportado este domingo para um hospital israelita em Telavive devido à covid-19.

“Devido aos problemas de saúde crónicos que enfrenta no sistema respiratório, a condição requer agora atenção médica num hospital”, disse a OLP, citada pela agência noticiosa Efe.

A 9 de Outubro, o próprio Erekat, de 65 anos, anunciou ter testado positivo ao coronavírus SARS-Cov-2. Dias antes, o responsável tinha estado num encontro com o Presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, de 84 anos, que cujo teste deu negativo.

Erekat, antigo chefe dos negociadores palestinianos e arquitecto dos Acordos de Oslo (1993-1995) com Israel, sofreu um ataque cardíaco em 2012 e recebeu um transplante pulmonar em 2017.

Hanan Ashrawi, 74 anos, membro do comité executivo da OLP, 74 anos, também contraiu o coronavírus há cerca de uma semana, o que levou à suspensão dos seus compromissos oficiais.

Sugerir correcção