Música

A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria: Pam Pam, Afonso, Emanuel, Carranca e Toy - Pândega

Eu vi o Flamenco do Carlos Saura vezes sem conta. Via e repetia cenas até ter sono para dormir e sonhar com palmas e ritmos, sedução e rosas. Aquele filme faz parte de mim, de tantas vezes que o engoli e o vivi. Nunca tive nenhum desejo oculto de fazer algo parecido, aquilo é o melhor do melhor, mas sempre quis procurar aqui em Portugal pessoas que amassem aquela música, que tivessem aquele sentimento como eu. Gravei pela primeira vez o Pam Pam em Novembro do ano passado, depois há um mês gravei o Carranca e a Cristina teve a ideia feliz de os juntar aos dois. O Toy também veio para tocar a viola, com o irmão Emanuel, a partir tudo, e o Afonso na caixa. Cinco músicos, uns ciganos, outros não. Que importa isso? Sentem com força. 

Em tempos de isolamento social devido ao surto do novo coronavírus, Tiago Pereira, fundador do projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, começou a convidar artistas de todo o país a filmarem-se a tocar uma canção — é A Música Portuguesa a Gravar-se a Ela Própria. E também os filma à janela. O P3 partilha regularmente estes vídeos.

Sugerir correcção