Tempo: domingo será “um dia de Verão”, mas a chuva volta na segunda-feira

Para segunda-feira, o IPMA prevê “precipitação contínua, persistente, por vezes forte, e um aumento gradual da intensidade do vento”.

tempo,mau-tempo,sociedade,meteorologia,
Foto
Como vai estar o tempo? Um Outono típico “com características mais severas” Paulo Pimenta

A chuva persistente e o vento forte vão regressar a Portugal continental a partir da tarde de segunda-feira devido a uma depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica, disse esta sexta-feira à Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

“Para segunda-feira está prevista precipitação contínua, persistente, por vezes forte, e um aumento gradual da intensidade do vento. São situações típicas de Outono com características mais severas, ou seja, precipitação forte e vento forte e provavelmente acompanhado também de agitação marítima forte”, destacou a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Ângela Lourenço reforçou: “É uma situação severa em que devemos ter cautelas. No entanto, é uma situação típica de Outono. No Outono já começam a aparecer situações de precipitação forte”.

Segundo a meteorologista, esta situação deve-se à passagem de superfícies frontais, ondulações frontais, associadas a uma depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica, que vão atravessar o continente na próxima semana.

Para sábado está previsto um aumento de nuvens principalmente no litoral norte e centro e pode ocorrer precipitação fraca. Já no domingo volta o céu pouco nublado e prevê-se uma subida da temperatura. “Domingo vai ser parecido com um dia de Verão. A alteração do estado do tempo será a partir da tarde de segunda-feira”, disse.

Quanto às temperaturas, Ângela Lourenço adianta que está prevista uma ligeira subida da temperatura máxima principalmente no domingo.

“No domingo, em alguns locais como o Ribatejo, as máximas aproximam-se dos 30 graus. No início da semana, as temperaturas regressam para valores da ordem dos 20 graus, entre 20 e 22 graus. No interior vão variar entre os 15 e os 17 graus e no Sul serão ligeiramente mais altas perto dos 23/24”, disse.

Sugerir correcção