E a natureza veste-se de dourado para celebrar o Outono

Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters
Fotogaleria
Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters

É tempo de castanhas, de bebericar um chá ao calor de uma lareira. De Inglaterra ao Cazaquistão, no hemisfério Norte a natureza veste-se de dourado para celebrar a entrada do Outono. Em troca de dias mais curtos, mais frios, ela devolve paisagens de cores fulgurantes a que a agência Reuters não ficou insensível — e que partilha agora com todo o mundo. 

Londres, Reino Unido
Londres, Reino Unido TOBY MELVILLE/Reuters
Moscovo, Rússia
Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters
Brig, Suiça
Brig, Suiça Denis Balibouse/Reuters
Moscovo, Rússia
Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters
Telbury, Inglaterra
Telbury, Inglaterra Toby Melville/Reuters
Telbury, Inglaterra
Telbury, Inglaterra Toby Melville/Reuters
Moscovo, Rússia
Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters
Llanrwst, Gales
Llanrwst, Gales Phil Noble/REUTERS
Llanrwst, Gales
Llanrwst, Gales Phil Noble/REUTERS
Telbury, Inglaterra
Telbury, Inglaterra Toby Melville/Reuters
Pitlochry, Escócia
Pitlochry, Escócia Russell Cheyne/Reuters
Helags, Suécia
Helags, Suécia Anna Ringstrom/REUTERS
Almaty, Cazaquistão
Almaty, Cazaquistão Pavel Mikheyev/REUTERS
Windsor, Inglaterra
Windsor, Inglaterra Toby Melville/Reuters
Almaty, Cazaquistão
Almaty, Cazaquistão Pavel Mikheyev/REUTERS
Moscovo, Rússia
Moscovo, Rússia Maxim Shemetov/Reuters
Almaty, Cazaquistão
Almaty, Cazaquistão Pavel Mikheyev/Reuters
Sugerir correcção