Isabél Zuaa, do Zambujal para Um Animal Amarelo

A actriz portuguesa tem feito carreira sobretudo no Brasil, narra o filme de Felipe Bragança que se estreia esta quinta-feira e lhe valeu um prémio de Melhor Actriz no Festival de Cinema de Gramado, em Rio Grande do Sul.

cultura,televisao,teatro,cinema,culturaipsilon,africa,
Foto
Isabél Zuaa foi Melhor Actriz no Festival de Cinema de Gramado, em Rio Grande do Sul, no Brasil e Melhor Actriz na categoria de curtas-metragens com "Deserto Estrangeiro"

Isabél Zuaa é Catarina em Um Animal Amarelo, de Felipe Bragança, que se estreia esta quinta-feira no Cinema Ideal, em Lisboa, e no Cinema Trindade, no Porto. É ela quem narra o filme inteiro, apesar de demorar algum tempo a aparecer em carne e osso, no papel de uma “vilã com princípios”, como descreve a actriz, que lidera um grupo de moçambicanos que usam o protagonista, um realizador brasileiro, para poderem vender pedras preciosas. Foi esse papel no filme que fechou a edição deste ano do IndieLisboa que valeu a Zuaa, que nasceu em Lisboa em 1987 e cresceu no Zambujal, Loures, a ver filmes com Eddie Murphy e Whoopi Goldberg e a ver as telenovelas da Globo, o prémio de Melhor Actriz no Festival de Cinema de Gramado, em Rio Grande do Sul, no Brasil — no mesmo festival, foi também premiada como Melhor Actriz na categoria de curtas-metragens, graças a Deserto Estrangeiro, de Davi Pretto​.