Isabel Damasceno com melhor performance nas eleições indirectas paras a CCDR

A presidente da comissão de coordenação de Lisboa e Vale do Tejo foi a que teve mais votos brancos em termos percentuais. Ainda não há data marcada para a toada de posse dos órgãos agora eleitos.

descentralizacao,politica,algarve,alentejo,eleicoes,governo,
Fotogaleria
Comissão de Coordenação da Região Centro PAULO RICCA / PUBLICO
descentralizacao,politica,algarve,alentejo,eleicoes,governo,
Fotogaleria
neg nelson garrido

Dos cinco presidentes eleitos esta terça-feira para as comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do país, Isabel Damasceno foi a que teve melhor performance eleitoral em termos percentuais e, simultaneamente, a que teve menos votos brancos. De acordo com os resultados oficiais divulgados esta quarta-feira pela Direcção-Geral das Autarquias Locais (DGAL), a ex-presidente da Câmara de Leiria (PSD) foi eleita para a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Centro (à qual já presidia) com 1909 votos, num universo de 2420 votantes. Olhando para os números, pode dizer-se que, em termos percentuais, a ex-presidente da Câmara de Leiria foi a que teve melhor votação (78%) e também a que obteve menos votos brancos (17,19%).