Óbidos lança rede com 120 quilómetros de percursos pedestres

A rede deverá estar concluída até 2022 e contará com 20 percursos temáticos ao longo de diferentes locais de interesse turístico e paisagístico do concelho.

natureza,passeios,obidos,fugas,turismo,ambiente,
Fotogaleria
Rede vai integrar 20 percursos temáticos pelos principais pontos turísticos e paisagísticos Rui Gaudencio
natureza,passeios,obidos,fugas,turismo,ambiente,
Fotogaleria
Seis dos 20 trilhos já foram lançados Rui Gaudencio
natureza,passeios,obidos,fugas,turismo,ambiente,
Fotogaleria
O trilho junto ao complexo desportivo passa junto ao aqueduto Renato Cruz Santos
Fotogaleria
Parte dos percursos circula ao largo da lagoa de Óbidos,Parte dos percursos circula ao largo da lagoa de Óbidos Rui Gaudencio
natureza,passeios,obidos,fugas,turismo,ambiente,
Fotogaleria
Parte dos percursos circula ao largo da lagoa de Óbidos Rui Gaudencio
Fotogaleria
Parte dos percursos circula ao largo da lagoa de Óbidos Rui Gaudencio

A autarquia de Óbidos quer concluir até 2022 uma Rede Municipal de Percursos Pedestres, numa extensão de 120 quilómetros, que promove a interligação entre todas as freguesias e os locais de interesse turístico e paisagístico do concelho.

A rede irá contar com “20 percursos temáticos, relacionados com pontos de interesse de cada uma das freguesias, como os ginjais, os moinhos ou a rota do calcário, entre outros”, avança à agência Lusa a vereadora com o pelouro da Saúde e Bem-estar, Margarida Reis.

O projecto, integrado no programa municipal “Óbidos mais activo”, visa implementar uma rede integrada de vias multiúsos, incluindo ecovias, percursos pedestres, cicláveis, acessíveis, e rotas temáticas que ligarão todo o concelho.

Dos vinte percursos, seis já estão activos, prevendo a vereadora que “até ao final de 2022 toda a rede esteja concluída”. Prontos a percorrer, estão trilhos pelo parque da vila, no sopé das muralhas; pelas margens da lagoa de Óbidos na zona do Braço da Barrosa para observar os patos reais e outras aves; por zonas de várzea e poças; pelo complexo desportivo e ao longo da ecovia do Arnóia.

A criação de alguns percursos e a recuperação de outros que já existiam foram candidatos a programas do Turismo de Portugal, dependendo o investimento da autarquia “do valor dos apoios que venham a ser aprovados”, explicou Margarida Reis.

Os percursos já concluídos foram apresentados na segunda-feira, data em que foi também celebrado um protocolo entre a câmara e todas as juntas de freguesia do concelho que ficarão responsáveis pela manutenção e conservação dos diversos trilhos que passem pelos seus territórios.

A autarquia lançou um site com informação sobre a extensão e o grau de dificuldade de cada um dos percursos, alguns dos quais, segundo Margarida Reis, "se pretende que venham a ser candidatos a integrar a Grande Rota dos Percursos Pedestres, que engloba percursos e trilhos de vários países da Europa”. A informação sobre os percursos e as suas características técnicas está ainda disponível em desdobráveis individuais, no Posto de Turismo de Óbidos.

Sugerir correcção