Um Natal confinado assusta os comerciantes mas serão os idosos os mais penalizados

Especialistas apelam para que se cumpram as medidas de maneira a tentar evitar a possibilidade de o Natal ser como a Páscoa (ou pior).

black-friday,familia,questoes-sociais,comercio,natal,consumo,
Foto
Tecnologias podem ser chamadas para a mesa de jantar, defende presidente da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar Daniel Rocha

A porta ficou entreaberta nesta sexta-feira. Numa visita ao Hospital de Braga, o Presidente da República comentou o aumento no número de casos de covid-19 e disse que “se é preciso repensar o Natal em família, repensa-se o Natal em família”, dando espaço à aplicação de medidas mais restritivas a partir de 15 de Outubro. Também a directora-geral da Saúde, Graça Freitas, alertou para o facto de as “confraternizações familiares” serem responsáveis por 67% dos casos de covid-19 nos últimos dias.