Desde o 25 de Abril, todos os presidentes do Tribunal de Contas foram reconduzidos

António Costa lembra que os critérios mudaram aquando da não recondução e Joana Marques Vidal, por acordo entre primeiro-ministro e Presidente da República. Marcelo confirma que é pela não recondução, mas elogia Vítor Caldeira e pede um nome na mesma linha.

Foto
Vítor Caldeira foi empossado em 2016 Daniel Rocha

Todos os presidentes do Tribunal de Contas nomeados depois do 25 de Abril foram reconduzidos nas suas funções, à excepção de Vítor Caldeira. É preciso recuar até António Manuel Gonçalves Ferreira Rapazote para encontrar um presidente que tenha estado em funções menos de quatro anos. Pinheiro Farinha (1977/1986), Sousa Franco (1986/1995), Alfredo José de Sousa (1995/2005) e Guilherme D’Oliveira Martins (2005/2015) cumpriram dois mandatos, de acordo com as informações disponibilizadas na página oficial daquele tribunal.