Anta do neolítico foi arrasada intencionalmente para plantar amendoal

A destruição do monumento foi considerada “altamente gravosa” com a afectação dos contextos arqueológicos. Toda a área foi profundamente ripada e observa-se claramente a tentativa da remoção dos elementos que compunham a estrutura megalítica.

historia,alqueva,patrimonio,local,alentejo,arqueologia,
Fotogaleria
DRO DANIEL ROCHA - PÚBLICO
historia,alqueva,patrimonio,local,alentejo,arqueologia,
Fotogaleria
As antas são monumentos megalíticos funerários DR

A plantação de culturas intensivas persiste em estar associada à destruição de património arqueológico, embora, ao que tudo indica, os atentados estejam a ocorrer em menor escala. Mesmo assim, há quem insista em prevaricar com a agravante de, previamente, ter sido informado que no local onde pretendia plantar um amendoal em regime intensivo estivesse bem visível uma anta do período neolítico que tinha de ser salvaguardada. Agora já não existe. A infracção já foi alvo de uma queixa-crime.