Está finalmente resolvido: Led Zeppelin vencem acusação de plágio da música Stairway to Heaven

Batalha legal já se arrastava desde 2014. Em causa estavam semelhanças entre a faixa de Led Zeppelin IV e o riff inicial de Taurus, canção dos Spirit.

Led Zeppelin em 1973
Foto
Led Zeppelin em 1973 Hulton Archive / Getty Images

Os Led Zeppelin tiveram de chegar até ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos, mas conseguiram mesmo defender a autoria do clássico Stairway to Heaven, música do álbum Led Zeppelin IV que é um dos maiores hinos da banda londrina e, por extensão, da história do rock.

O grupo de Robert Plant, Jimmy Page, John Paul Jones e John Bonham (falecido em Setembro de 1980) estava envolvido há já vários anos numa batalha legal com os Spirit, banda norte-americana de rock psicadélico e progressivo que teve na faixa I Got a Line on You, gravada no final dos anos 1960, o seu maior sucesso comercial. O primeiro processo contra os Led Zeppelin surgiu em 2014, quando os representantes de Randy “California” Wolfe, vocalista e guitarrista dos Spirit que morreu em 1997, acusaram Jimmy Page de plagiar a progressão de guitarra que marca a introdução de Taurus, tema gravado pelos Spirit em 1968 (Stairway to Heaven é de 1971).

Segundo a defesa de Wolfe, que em 2016 chegou a pedir uma indemnização de um milhão de dólares (quase 850 mil euros), Page teria ganho inspiração para escrever a introdução de Stairway to Heaven depois de ouvir Taurus em concerto durante a digressão que os Led Zeppelin e os Spirit fizeram em conjunto nos anos de 1968 e 1969. Na altura, o juiz não ficou convencido com o argumento de que Page e Plant só conheceram a música graças à acusação de plágio – o jornal britânico The Guardian sublinha que o álbum no qual Taurus surge faz parte da extensa colecção de discos do guitarrista –, mas decidiu, ainda assim, a favor dos Led Zeppelin, considerando que as duas faixas não eram “intrinsecamente parecidas”.

Em 2018, um tribunal de segunda instância da cidade de São Francisco descartou o veredicto inicial, mas o Tribunal de Recurso dos Estados Unidos inverteu novamente a decisão em Março deste ano, favorecendo os Led Zeppelin. Para os representantes de Randy California, restava a esperança do Tribunal Supremo, que rejeitou voltar a analisar o caso esta segunda-feira, 5 de Outubro.

Acusações de plágio não são, de resto, nada de novo para a banda britânica, que já teve de compensar financeiramente e ceder direitos de autor a vários artistas ao longo dos anos. Um dos casos mais notórios será o do baixista e compositor Willie Dixon, músico de blues nascido em 1915 que processou o grupo de Page e Plant em 1985 por causa de Whole Lotta Love, clássico de Led Zeppelin II que, de certa forma, é uma adaptação de You Need Love, que Dixon “deu” em 1962 a Muddy Waters. Dixon também tem créditos em Bring it on Home, outro tema de Led Zeppelin II.

Sugerir correcção