“Está a preparar-se um assalto aos fundos europeus”, diz presidente da Transparência e Integridade

Nova presidente da TIAC está preocupada com afastamento de Vítor Caldeira da presidência do Tribunal de Contas. Neste momento há dúvidas sobre quem se encontra em funções.

primeiroministro,corrupcao,politica,tribunal-contas,ps,governo,
Foto
Susana Coroado, presidente da Transparência e Integridade Associação Cívica, ao lado da Provedora de Justiça DR

O afastamento do presidente do Tribunal de Contas, Vítor Caldeira, está a ser visto como mais uma machadada ao controlo dos fundos europeus, num momento em que Portugal, tal como os restantes países da União Europeia, se preparam para receber a “bazuca” para responder à crise provocada pela pandemia. “Estão a verificar-se ao mesmo tempo vários casos que levam a crer que se está a preparar um assalto aos fundos europeus”, afirmou ao PÚBLICO a nova presidente da Transparência e Integridade Associação Cívica (TIAC), Susana Coroado.