E um site transparente sobre os fundos europeus?

Nos últimos tempos tenho contactado gente para tentar saber esta coisa muito simples: é ou não possível construir um portal transparente onde cada português possa saber, em tempo real, para que destino estão a ir os fundos europeus?

Nunca conversei com um político que não se queixasse da burocracia do Estado. Pode ser um presidente da câmara ou até um primeiro-ministro – todos lamentam em off a dificuldade que é fazer mexer a máquina pública, e como essa é a principal razão para o poder executivo não ser mais eficiente e produtivo. Não penso que sejam queixas falsas ou desculpas de mau pagador. O peso da burocracia é enorme, de facto, e por isso percebo – sem ironia – a preocupação do Governo em aliviar determinado tipo de procedimentos, de forma a tornar mais ágil a execução dos próximos fundos europeus.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.