Os San Diego Loyal perdem pontos, mas estão a ir à luta

Uma equipa da segunda divisão do “soccer” norte-americano abandonou um jogo a meio porque um dos seus ouviu insultos homofóbicos de um jogador adversário.

homofobia,planisferico,racismo,futebol,desporto,futebol-internacional,
Foto
Os jogadores dos San Diego Loyal abandonam o campo após o início da segunda parte DR

“O espectáculo tem de continuar”, é um lema das artes cénicas (e o título de uma música dos Queen). Também o é no desporto, também uma arte cénica, com o seu palco, os seus intérpretes e o seu público. Quando o espectáculo continua em circunstâncias excepcionais, muitas vezes é entendido como uma demonstração de sacrifício, de superação, e pode ser um exemplo. Mas nem sempre o espectáculo tem de continuar, como demonstraram nesta semana os jogadores dos San Diego Loyal, uma equipa da segunda divisão do “soccer” norte-americano, que deixaram a meio um jogo que estavam a vencer porque um adversário dirigiu insultos homofóbicos a um dos seus.